5 de novembro de 2018

Arteterapia para idosos

A qualidade de vida na terceira idade é um dos temas mais discutidos atualmente. Entre tantas atividades indicadas para a promoção da qualidade de vida para idosos, a Arte tem ocupado um lugar de destaque. Ao produzirmos artisticamente, desenvolvemos nossa sensibilidade e nossa capacidade criativa, muita vezes adormecidas em nós. Por meio do contato com a Arte exercitamos a reflexão e somos conduzidos a um processo de autoconhecimento, ampliando a nossa sensação de bem-estar e, consequentemente, a nossa qualidade de vida.

As sessões de ARTETERAPIA têm por objetivo “estimular o processo criativo, a partir do contato com as linguagens artísticas, em vivências coletivas, promovendo o autoconhecimento e a sensação de bem-estar”.
O processo de trabalho funciona em três etapas, acontecendo todas essas na mesma sessão:

  • Sensibilização: Um tema é abordado por meio da mostra de imagem, audição de música, contação de história ou leitura dramatizada. Tanto as imagens quanto as músicas e os textos são escolhidos cuidadosamente, de acordo com as necessidades do grupo. Apresentam mensagens de felicidade, de bem-querer, estimulam o resgate da memória e projetam pensamentos positivos para o futuro.
  • Criação: É feito o convite para uma produção artística baseada no que foi observado e discutido. A produção pode ser feita a partir do tema explorado ou da técnica sugerida. Neste momento o participante transpõe o que foi apresentado para a sua realidade, atribuindo significado. Não é preciso que ter habilidades artísticas porque o foco não é a técnica e sim a expressão.
  • Reflexão: Cada participante é convidado a falar sobre a sua produção. Neste momento, a fala é instrumento para o resgate de histórias, para a expressão verbal do que antes foi produzido de forma não verbal, levando o participante à percepção do que produziu e do que desejou transmitir.

Nossos encontros têm sido momentos de convivência onde a música, a troca de ideias e a brincadeira marcam presença. Além disso, há o estímulo à criatividade, ao desenvolvimento da expressão por meio da Arte que possibilita que o idoso se conheça melhor. Ao se conhecer melhor, ele melhora a sua autoestima. Ao melhorar a autoestima, amplia a sensação de bem-estar. Ao ampliar a sensação de bem-estar, melhora a sua qualidade de vida. Falando assim pode parecer mágica, não? Mas não é! É Arteterapia!

Cris Mazolla – Arteterapeuta responsável pela Roda de Artes da Vivere Bene, que acontece todas as quintas-feiras, às 15h.

Veja outros posts

11 de novembro de 2014

Audição na terceira idade

O declínio da qualidade da audição na velhice é uma queixa muito comum e constante entre os idosos. O que muitos não sabem é que a perda da audição pode …

13 de julho de 2017

Saúde Auditiva

A audição é essencial em nossas vidas, desempenhando um papel fundamental na comunicação humana. É através dela que conseguimos perceber os sons do ambiente e os sons da fala. O …

10 de setembro de 2018

(In)dependência do Idoso

Já que o assunto deste mês é independência, vamos falar da independência dos nossos idosos? Tentaremos entender até onde ou até quando eles podem mantê-la, dentro de certa dependência que …

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.