5 de agosto de 2016

Artrose

A artrose é uma doença que afeta consideravelmente a qualidade de vida de pessoas idosas. Isso poque se trata de uma degeneração das cartilagens das articulações, que acontece a medida que envelhecemos. A falta dessa cartilagem provoca um atrito entre os ossos envolvidos naquela articulação, causando dor e desconforto.

Artrose x artrite
Artrose é, na verdade, um tipo de artrite, além de ser a mais comum delas. Também pode ser chamada de osteoartrite, artrite degenerativa ou osteoartrose. Sua principal causa é o desgaste natural da idade do organismo.
Já a artrite é caracterizada por qualquer processo inflamatório em uma determinada articulação. Existem diversas formas e causas de artrite, as mais comuns – e conhecidas – são a artrose, a gota e a artrite reumatóide. Os principais sintomas da artrite são dor, vermelhidão, inchaço e dificuldade para mover a articulação afetada.

Articulações afetadas
As articulações mais comumente afetadas pelo desgaste de cartilagem são as do joelho, podendo também ocorrer em cotovelo, ombro, quadril, entre outras. Essas articulações, denominadas articulações móveis, possuem duas estruturas importantes:
– a cartilagem, que caracteriza-se por um tecido “mole” que envolve o osso e permite que um osso escorregue sobre o outro.
– o líquido sinovial, que tem como função lubrificar a articulação, fazendo com que os ossos deslizem entre si sem provocar muito atrito.
Ambos componentes tendem a diminuir com o tempo, permitindo que haja atrito quando a articulação é requisitada, provocando a inflamação e, consequentemente, a dor.

Nas figuras abaixo é possível visualizar dois exemplos de articulações saudáveis x articulações com artrose:

coluna

joelho

Prevenção e tratamento
Não há um tratamento de cura para artrose, pode se tratar de uma degeneração do tecido cartilaginoso, que é irreparável. Entretanto, existem formas de retardar a perda desse componente através de medicamentos, que sempre devem ser utilizados sob orientação médica.
Além disso, hábitos de vida saudáveis, tais como praticar exercícios de fortalecimento muscular, acupuntura e a manutenção de um peso ideal para não sobrecarregar as articulações, são excelentes formas de diminuir os sintomas e/ou retardar a manifestação da doença.

Veja outros posts

23 de agosto de 2017

Quedas em idosos: causas e consequências

A população está envelhecendo… e este processo de envelhecer vem acompanhado de diversas alterações fisiológicas, sociais e emocionais. Hoje falaremos de uma mudança fisiológica específica, a alteração no equilíbrio, um …

30 de março de 2016

Caminhada: passeio ou exercício?

A caminhada é uma das atividades físicas mais recomendadas por médicos a pessoas com mais de 60 anos, isso porque trata-se de uma atividade natural do ser humano e, salvo …

31 de maio de 2017

O frio está chegando…

O inverno está prestes a começar e com ele, o frio deve chegar. Segundo especialistas, será um inverno bastante rigoroso, prolongado e com baixas temperaturas. A população idosa fica muito …