20 de janeiro de 2015

Caminhada no Parque

A caminhada é uma das atividades físicas mais praticadas em todo o mundo. Um dos motivos dessa “preferência” pode ser considerado o fato de se tratar de uma atividade essencial do ser humano.
Todos sabemos caminhar, certo? Errado! Todos nós, humanos, sabemos andar, mas caminhar trata-se de uma atividade um pouco mais complexa.

Andar x Caminhar
Andar é o simples ato de se locomover, utilizando-se dos membros inferiores. Já caminhar, trata-se de percorrer um determinado trajeto a pé, seguindo um rumo, com um objetivo final.
Além do mais, para sua caminhada ser considerada uma atividade física e para proporcionar benefícios a sua saúde, ela deve ser realizada em ritmo constante por, no mínimo, 30 minutos e deve acontecer periodicamente, ou seja, duas ou mais vezes na mesma semana.

O idoso e a caminhada
A caminhada está entre as atividades físicas mais praticadas pela população da terceira idade, junto à hidroginástica e à ginástica. Mesmo sendo uma atividade simples e comum, se mal executada, pode ser prejudical à saúde do idoso, que já tem um organismo mais sensível e pré-disposto a lesões.
Exagerar no ritmo, na intensidade e até mesmo na frequência, mais comum entre idosos homens, pode agravar problemas como artroses, bursites e dores lombares, por exemplo.
Portanto, é muito importante perguntar a seu médico qual atividade ele indica para sua condição física, e também procurar um profissional de educação física para orientação e acompanhamento das atividades.

Cinco dicas para a prática da caminhada:

1) Antes de mais nada, informe-se com seu médico se você pode praticar caminhada. Então, procure um educador físico para direcionar a atividade;
2) Procure utilizar roupas leves e confortáveis e, principalmente, um calçado adequado. Muitos idosos não gostam de usar tênis comuns (esportivos), mas procure usar um calçado que ofereça amortecimento e conforto, ao mesmo tempo;
3) De preferência realize suas atividades no início da manhã ou no final da tarde, principalmente em dias mais quentes ou com muito sol. Além disso, lembre-se de se hidratar antes e depois de se exercitar;
4) Fique atento à sinalização das faixas dos parques. Muitos lugares tem ciclovias, pista de caminhada e pista de corrida. Sempre confira se está caminhando na pista correta;
5) Qualquer atividade física, quando fazemos acompanhados, fica mais agradável e passa mais rápido. Um amigo, uma prima ou até mesmo um filho pode e deve lhe acompanhar em suas caminhadas. Mas, ao conversar muito, se perceber que está muito ofegante, pare um pouquinho de falar para retomar o fôlego!

A Vivere Bene, a caminhada e o Parque Barigui

A primeira turma de caminhada e exercícios para idosos da Vivere Bene foi aberta em meados de 2007, com apenas uma aluna. Lá praticávamos caminhada e exercícios de fortalecimento e alongamento muscular.
Essa turma foi crescendo com a ilustre presença de algumas senhorinhas muito simpáticas e, hoje temos 5 alunas em um horário cheio – devido ao limite de vagas no transporte – e mais turmas abrindo e enchendo os parques de Curitiba de boas conversas e lindos sorridos!

Se você quiser participar é só nos encontrar nos seguintes parques e horários:

Parque Barigui – 2ª, 4ª e 6ª as 8h30
Jardim, Botânico – 3ª e 5ª as 8h30
Parque Bacacheri – 2ª e 4ª as 10h30

Sua presença será muito bem-vinda!

Profª Alessandra Nunes Lanzoni Privado

Veja outros posts

9 de outubro de 2014

Idosos e a visão das Cataratas

Na minha idade quando o assunto é Catarata, nem de longe penso nas belezas naturais de Foz do Iguaçu. Estive há algumas semanas atrás na cidade e conheci as Cataratas. …

8 de maio de 2014

Sinal vermelho: descubra quando é o momento de parar de dirigir

Se há algo que preocupa muitas pessoas quando estão chegando à terceira idade, ou entre aquelas que já chegaram, é sobre o período em que precisarão parar de dirigir. Afinal, …

6 de dezembro de 2017

Sarau Literário: O amor

Na última quinta-feira, nossas alunas da Oficina Literária, em uma proposta multigeracional com jovens estudantes da UFPR, sob orientação da psicóloga Regina Célia Celebrone, apresentaram a seus colegas um pouquinho …