13 de dezembro de 2016

Cuidados no verão

Muitos idosos se queixam do calor excessivo dessa época do ano. Problemas com a pressão, tonturas e sensação da mal estar são as principais reclamações desse público.

Por isso, pedimos ao Dr. Paulo Jorge Cezario, geriatra de atendimento domiciliar, a gentileza de nos fornecer este texto esclarecendo algumas dúvidas comuns, e com algumas dicas de como se prevenir dos efeitos das altas temperaturas do verão:

As altas temperaturas características do verão pedem cuidados especiais com os idosos. Eles são mais propensos a desenvolver hipertermia, que ocorre quando a temperatura do corpo fica acima de 37,4°C. O tempo ideal de exposição direta ao sol é entre 5 a 10 minutos em braços e pernas e nos horários recomendados.

Se houver suspeita de alguma doença relacionado ao calor (hipertermia, insolação, intermação ou choque pelo calor), é recomendado mover a pessoa para um lugar fresco (de preferência com ar condicionado), deita-la para que repouse, remover roupas apertadas e desconfortáveis, oferecer água se a pessoa estiver consciente e procurar ajuda médica o mais rápido possível.

Confira algumas dicas para a saúde dos idosos no verão:
— Beba grande quantidade de água durante todo o dia
— Vista-se com roupas leves e de cor clara
— Evite atividades extenuantes na parte mais quente do dia (entre 10h e 16h)
— Use filtro solar, chapéu ou boné ao sair no sol
— Evite tomar cafeína e álcool, pois são bebidas que contribuem para desidratação
— Se sentir cansaço, náuseas, tonturas, ou desenvolver dores de cabeça, saia imediatamente do sol, procurando abrigar-se numa sombra ou local arejado.

Compartilhe com seus amigos e familiares!

Quer saber mais? Acesse a página do Facebook do Dr. Paulo Jorge Cezario – atendimento domiciliar neste link: https://www.facebook.com/drpaulojorgecezario/ e entre em contato diretamente com ele!

Este texto foi retirado da página do Facebook Dr. Paulo Jorge Cezario – Atendimento domiciliar com a sua permissão e autorização.

Veja outros posts

8 de novembro de 2017

Asilo, casa de repouso ou centro-dia?

Muitos de nós ainda nos sentimos desconfortáveis com a ideia de um ente querido ir morar em um “asilo”. Isso justifica-se, a começar pelo próprio significado que encontramos quando procuramos …

23 de setembro de 2014

Por uma família vintage

Por muito tempo utilizei a frase “no meu tempo”. Ela me faz sentir mais velho, pode ser antiga, mas diante das minhas reflexões não são em nada antiquadas. Lembro do …

4 de outubro de 2018

Atividade física ideal para o idoso

Há muita discussão sobre qual seria a atividade física ideal para o idoso. A verdade é que, a pessoa idosa normalmente possui algumas limitações causadas pelo envelhecimento e, por isso, …