25 de abril de 2016

Dicas naturais para baixar a pressão arterial

Você está entre o um em cada três adultos que têm uma pressão arterial elevada? Se assim for, tomar a sua medicação prescrita todos os dias é de vital importância para a sua saúde a longo prazo. Você provavelmente não tem nenhum sintoma óbvio, mas esta é uma das condições mais importantes que o seu médico irá cuidar em você.
Mudanças na dieta e no estilo de vida podem fazer uma diferença significativa. Perdendo um pouco de excesso de peso, por exemplo, você pode baixar a sua pressão arterial o suficiente para o seu médico querer reduzir a sua medicação.
As dicas aqui mencionadas podem ajudar também, mas se você estiver sob medicação prescrita, verifique com seu médico antes de tomar qualquer suplemento.

A IMPORTÂNCIA DA PRESSÃO ARTERIAL

Você precisa de pressão na sua circulação para manter o sangue se movendo em torno de seu corpo. Sua pressão arterial varia naturalmente durante todo o dia e noite em resposta a suas emoções, alterações hormonais e nível de atividade física. Quando você tem hipertensão, no entanto, a sua pressão arterial permanece alta o tempo todo, mesmo em repouso. Isso significa que suas artérias recebem uma batida excessiva que, se não for corrigida, pode causar danos incluindo doenças cardíacas e acidente vascular cerebral.
Infelizmente, a pressão arterial tende naturalmente a aumentar conforme a idade devido ao endurecimento das artérias. Alguns fatores como o tabagismo, histórico familiar, excesso de peso e consumo de álcool podem influenciar diretamente na necessidade de tratamento medicamentoso para redução da pressão arterial.

O estresse de ter a sua pressão arterial aferida por um médico ou enfermeiro comumente causa o aumento da pressão arterial. Este fenômeno, conhecido como hipertensão do avental branco, está agora bem reconhecido, então normalmente você vai ter suas leituras avaliadas regularmente, dia e noite, durante um período de 24 horas antes de iniciar a medicação anti-hipertensiva. Um outra ideia é usar um monitor de pressão arterial em casa para avaliar suas leituras esporadicamente. Isso tem ajudado algumas pessoas a melhorar o controle da sua pressão arterial.

DICAS NATURAIS PARA BAIXAR A PRESSÃO ARTERIAL
Independentemente de você estar tomando uma medicação anti-hipertensiva, várias abordagens nutricionais e de estilo de vida pode ajudar a melhorar a sua leitura:

Cortar a quantidade de sal
Ingerir muito sal (cloreto de sódio) aumenta a pressão arterial em pessoas cujos rins são menos eficientes. Isto promove a retenção de líquidos e tira água para a circulação de modo que a pressão arterial suba. A maioria dos adultos precisa não mais do que 6 g de cloreto de sódio por dia (2,4 g de sódio) – e seria ainda melhor se apenas ingerisse 3 g por dia.
Reduzir a ingestão de sal envolve mais do que não a adição de sal durante o cozimento ou à mesa. A maioria sal está escondido em alimentos processados. Se a etiqueta dá o teor de sal como “de sódio”, multiplicar por 2,5 para obter o teor de sal (cloreto de sódio). Por exemplo, um produto que contém 0,4 g de sódio, na verdade, contém 1 g de sal (calculado multiplicando por 0,4 2,5).
Também eliminar alimentos ricos em sal, como batatas fritas salgadas, carnes processadas (por exemplo, presunto, bacon, salame e cachorro-quente), queijo, compotas, molhos, molhos de pacotes e pronto-refeições.
Se a comida “sem sal” ficar “sem gosto” pra você, acrescente temperos, tais como: pimenta preta, ervas e especiarias para dar mais sabor.

sal

Suco de beterraba
Suco de beterraba é tão eficaz quanto alguns medicamentos anti-hipertensivas. A sua ação farmacológica vem a partir de um elevado teor de nitrato que é convertido em nitrito por bactérias que vivem na superfície da língua. Estes nitritos são absorvidos na circulação, causando um efeito relaxante nos vasos sanguíneos, fazendo com que eles se dilatem e a pressão arterial, consequentemente, caia.
Os pesquisadores descobriram que beber um copo (250ml) de suco de beterraba todos os dias pode reduzir a pressão arterial elevada por, em média, 7,7 / 5,2 mmHg, no prazo de quatro semanas, em comparação com um suco de beterraba placebo a partir do qual os nitratos foram extraídos.

beterraba

Siga a dieta DASH
Estudos baseados na dieta DASH (Abordagens dietéticas para parar a hipertensão) mostraram que princípios da dieta mediterrânea podem reduzir significativamente a pressão arterial, dentro de um período de oito semanas. A dieta DASH significa essencialmente comer:
MAIS: frutas, legumes, nozes, sementes, pules, cereais integrais, aves, peixes e produtos lácteos com baixo teor de gordura
MENOS: carne, gorduras, alimentos vermelhos ricos em colesterol e doces açucarados.
Em resumo, aumenta-se a ingestão de potássio, um mineral que ajuda a eliminar o excesso de sódio do corpo através dos rins. São alimentos ricos em potássio: banana, abacate, batata doce (com a pele), couve de Bruxelas, espinafre, brócolis, iogurte magro, beterraba, aipo, feijões e lentilhas, salsa e sálvia.

dieta dash

Oleaginosas
As oleaginosas são fonte concentrada de proteína e fibra e que provocam alto nível de saciedade. Mesmo que elas sejam altamente ricas em calorias, estudos mostram consistentemente que ingeri-las em pequenas porções durante o dia pode não resultar em um ganho de peso.
Ao mesmo tempo, os seus óleos saudáveis ​​(ômega-3 e gorduras monoinsaturadas) e minerais (especialmente magnésio) têm efeitos bastante benéficos sobre a circulação. Comer um punhado (cerca de 23 unidades) de frutos secos sem sal por dia pode melhorar o equilíbrio do colesterol, pressão arterial e viscosidade do sangue.

oleaginosas

Coma uma maçã por dia
As maçãs são uma das mais ricas fontes alimentares de um tipo de antioxidante conhecido como flavonóides. Estudos envolvendo mais de 187.000 profissionais de saúde têm mostrado que pessoas que comem quatro ou mais maçãs por semana tem uma pressão arterial significativamente mais baixa do que aqueles que comem menos de uma por mês, em média. O ideal é ingeri-la com a casca, que é onde a maioria dos antioxidantes estão concentrados.

maçaChocolate amargo
Chocolate e cacau são uma fonte ainda mais rica de flavonóides do que as maçãs, que têm efeitos benéficos sobre o equilíbrio do colesterol e pressão arterial.
Há evidências de que comer 100g de chocolate amargo (pelo menos 70% de cacau) todos os dias pode reduzir a pressão arterial sistólica em 5,1 mmHg e pressão arterial diastólica em 1,8 mmHg – o suficiente para reduzir o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral por um média de 21%.

chococlate amargo

Diminua o café
Embora o efeito da cafeína seja temporário, ela pode causar um aumento expressivo da pressão arterial em algumas pessoas. Um estudo descobriu que, em homens com hipertensão, a cafeína provocou um aumento de até 10/8 mmHg que duraram pelo menos uma hora.
Você pode ser um dos sortudos que são mais tolerantes ao aumento da pressão arterial sob o efeito da cafeína. É fácil descobrir – medir a pressão arterial com um monitor cardíaco antes de beber uma xícara de café e, em seguida, medir a sua pressão arterial novamente depois de 10, 20, 40 e 60 minutos para ver o quanto ela sobe. Se a sua pressão arterial sistólica (o número mais alto) aumenta em 5 mmHg ou mais, então você é sensível aos efeitos da cafeína. Se assim for, limite-se a uma xícara de café por dia (ou evite-o completamente, conforme orientação médica).

café

Medite todos os dias
A meditação é uma maneira eficaz para relaxar e reduzir sua taxa de frequência cardíaca e sua pressão arterial. Pode ser praticada por apenas 20 minutos, duas vezes por dia, e foi encontrada relação em sua prática à redução da pressão arterial em mulheres praticantes, por um período de três meses. Estudos também sugerem que as pessoas com hipertensão que meditam possuem 30% menos probabilidade de sofrer um ataque cardíaco fatal ou acidente vascular cerebral.

meditação

Texto retirado do site sixtyandme.com, escrito por Dra Sarah Brewer, formada em Ciências naturais, Meidicna e Cirurgia, pela Universidade de Cambridge. Traduzido e adaptado para a língua portuguesa por Alessandra Nunes Lanzoni Privado, professora da Vivere Bene – atividades para terceira idade. Para ler o texto na íntegra clique aqui: http://sixtyandme.com/10-ways-to-lower-your-blood-pressure-naturally/

Veja outros posts

23 de março de 2017

Felicidade – por eles

Perguntamos para algumas de nossas alunas – com suas médias de 80 anos vividos – o que era felicidade para elas. As respostas, por um lado tão diferentes, encontram-se em …

5 de janeiro de 2017

Um novo ano

Um novo ano se inicia… E com ele começa um novo ciclo em nossas vidas. Para aqueles mais jovens, esses 365 dias podem parecer uma eternidade e demorarem a passar, …

16 de agosto de 2017

Pilates adaptado para idosos

O método Pilates vem sendo cada vez mais disseminado em todo o mundo. Não por ser apenas uma excelente forma de atividade física, mas por todos os princípios que envolvem …