1 de novembro de 2016

Doenças cardíacas

O coração é um órgão vital do nosso organismo. Portanto, devemos nos preocupar com ele tomando os cuidados e dando a atenção que ele merece e precisa!
Para isso, pedimos para a cardiologista Dra. Liliam Gavazzoni Blume responder, de forma objetiva e clara, algumas questões que são bastante comuns entre nossos alunos:

1) Quais são os tipos de doenças cardíacas?
As que incluem vasos doentes, problemas estruturais e coágulos sanguíneos. Os tipos mais comuns de doenças são: Doença Arterial Coronariana, Hipertensão Arterial, Insuficiência Cardíaca e Arritmia Cardíaca.

2) Quais os principais sintomas?
No estagio inicial a doença cardíaca não apresenta sintomas. Já em estágios avançados os principais sintomas são: dor torácica, palpitações, falta de ar e desmaios.

3) Por que o idoso tem uma maior tendência a desenvolver doenças cardíacas?
Hipertensão arterial, tabagismo, sedentarismo, obesidade e estresse situações são comuns nos idosos, e então podem contribuir para a formação de placas assim como para a redução da capacidade das artérias se dilatarem ou contraírem, quando necessário.

4) O que é o infarto?
Infarto do miocárdio é a conseqüência de obstrução de uma artéria coronária, por um coágulo de sangue sobre a placa de gordura que estava em sua parede, impossibilitando assim que o sangue chegue até aquela área do músculo cardíaco, levando a morte celular.

5) O que é um AVC?
Acidente vascular cerebral ou derrame cerebral ocorre quando há um entupimento ou rompimento dos vasos que liberam sangue ao cérebro, provocando paralisia de área cerebral que ficou sem a circulação sanguínea adequada.

6) Além do uso de medicamentos, o que mais posso fazer para me prevenir ou remediar?
Muitos fatores contribuem para aparecimento das doenças. Fatores que podem ser diagnosticados e tratados: hipertensão arterial, diabete melittus, ingestão de bebidas alcoólicas em excesso, tabagismo, sedentarismo e obesidade. Adequação dos hábitos de vida diária é primordial para a precaução.

7) Qual o tipo de atividade física é mais adequado para pessoas com problemas cardíacos?
Exercícios aeróbicos, Pilates, alongamento, esportes leves, danças, exercícios de força ou atividades recreativa. Não importando a modalidade, pois todos trazem benefícios a saúde.

8) Com que freqüência eu devo procurar um cardiologista?
No mínimo, uma vez ao ano.

Agora que você está mais informado, fica a dica: procure um cardiologista, cuide da sua alimentação e exercite-se com algo que lhe dê prazer!

Dra. Liliam Gavazzoni Blume é formada na Faculdade Evangélica do Paraná e atua como médica cardiologista no CEPEC – Centro Paranaense de Ecocardiografia em Curitiba – PR.

Veja outros posts

6 de dezembro de 2017

Sarau Literário: O amor

Na última quinta-feira, nossas alunas da Oficina Literária, em uma proposta multigeracional com jovens estudantes da UFPR, sob orientação da psicóloga Regina Célia Celebrone, apresentaram a seus colegas um pouquinho …

25 de setembro de 2014

TERCEIRA IDADE POR UM PROPÓSITO

“Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve…” A frase dita na obra “Alice no país das Maravilhas” é muito propagada em palestras motivacionais. No alto da sua …

30 de setembro de 2014

Sábado em Família: reserve um tempo especial para quem você ama

Durante um tempo de reflexão entre todas as histórias que ouvimos dentro do espaço Vivere Bene, percebemos algo recorrente entre os filhos dos nossos clientes: a falta de tempo. Todos …