25 de março de 2015

Qual a melhor atividade física para o idoso?

Há quem diga que a hidroginástica é a atividade física ideal para um idoso… também há aqueles que acreditam que ela é a única que se deve praticar! Por outro lado alguns preferem só a caminhada, ou ainda aqueles que são indicados a fortalecer a musculatura, em uma sala de musculação de academia.

Pois bem! Através deste texto, tentaremos esclarecer qual – ou quais – atividade é a ideal para cada caso na terceira idade.
Isso porque, assim como quase tudo na vida, não há uma regra exclusiva – que como o nome mesmo diz, exclui diversas opções – e sim a melhor ou mais indicada opção devido cada circunstância individual.

Atividade física x Exercício físico

Começaremos do princípio! E sim, existe uma diferença importante entre atividade e exercício físico.
Atividade física se trata de qualquer movimento que dispenda energia, como, por exemplo, varrer a casa.
Exercício físico é caracterizado por uma atividade física programada e regular, como uma caminhada ou uma hidroginástica, realizadas 2 ou 3 vezes na semana.

Sendo assim, muitos idosos, principalmente as mulheres, quando questionados se fazem alguma atividade física, afirmam que sim, claro, pois cuidam da casa sozinhos. Muito bom! É um ótimo começo. Mas não é suficiente para que você adquira uma qualidade de vida adequada.
Com o exercício físico regular, seja ele qual for – e vamos falar disso mais pra frente – desde que adequado para suas necessidades, você poderá ter inúmeros benefícios, como o aumento de força muscular e do equilíbrio, a melhora do seu condicionamento respiratório e, consequentemente, mais disposição para realizar suas tarefas diárias!

Em geral o termo “atividade física” é mais utilizado, mesmo quando nos referimos a exercícios físicos, regulares. Mas é importante saber a diferença!

Atividade física ideal para o idoso

Como já indicamos anteriormente, não há apenas uma opção exclusiva para o idoso, mas diversas. Além de tecnicamente adequada, a atividade deve ser do gosto do idoso, caso contrário a motivação para se manter em atividade se perderá rapidamente. Por exemplo, se eu sou uma idosa que tem medo de água, faço hidroginástica? Não! Você deve procurar uma atividade que atenda as suas necessidades – bem como a hidroginástica – e que te traga prazer e distração!

Hidroginástica

Vamos começar com ela que é a preferida de médicos e fisioterapeutas. E não é a toa! A hidroginástica é uma excelente opção para aqueles que têm muitas dores em articulações, principalmente joelhos e quadril, pela falta do impacto com o solo. Com ela, pode-se desenvolver o fortalecimento muscular e o aumento do condicionamento cardiorrespiratório, através simplesmente da resistência da água.

Caminhada

A caminhada é a melhor opção para o idoso independente que quer se manter ativo. Por que? Porque ela pode ser realizada até mesmo nas proximidades da sua casa, e sozinho ou com um(a) vizinho(a). Mas preste atenção: se você tem tonturas ou histórico de quedas, procure não sair sozinho caminhar e sempre leve uma companhia com você. Com uma caminhada segura você aumenta sua autonomia, fortalece as pernas e exercita o coração e os pulmões!

Ginástica Funcional

A ginástica funcional busca a melhora do condicionamento físico e o fortalecimento muscular através da execução de movimentos semelhantes às nossas atividades diárias, mas de forma sistemática e dirigida. A principal questão é se atentar às cargas utilizadas – pesinhos, elásticos, bolas – para não exagerar! Mas a melhora nos movimentos é rapidamente percebida no seu dia-a-dia!

Pilates

O Pilates nada mais é do que uma excelente e exclusiva técnica para desenvolver o fortalecimento e o alongamento musculares. Além disso, ele se preocupa em coordenar a respiração e a consciência postural no desenvolver dos movimentos. Há pouquíssimas contra-indicações para o Pilates, indivíduos com crise aguda na coluna e hipertensos crônicos sem medicação devem se informar antes com seu médico!

Musculação

Já vimos que a musculação de aparelhos de academia não é a única forma de fortalecer a nossa musculatura. Pois assim como ela, o Pilates e a Ginástica Funcional desenvolvem nossos músculos de forma igualmente eficiente! Mas ela é uma boa opção para aqueles que não tem como ir até um lugar realizar atividade física regular, e assim podem ir com um filho ou neto, ao mesmo lugar, realizar atividades semelhantes!

Resumindo, não é por falta de opção que o idoso de hoje não realiza um exercício físico. E agora também, não por falta de informação! O mais importante é gostar do que está fazendo, e sempre estar bem orientado por um profissional de educação física, preferencialmente especializado em terceira idade!

Veja outros posts

28 de julho de 2016

Mudanças: como lidar com elas?

Todo processo de mudança gera, em um primeiro momento, um certo desconforto. O medo do desconhecido, ou do indefinido, faz com que nossa mente gere um certo receio e às …

23 de outubro de 2014

Idoso e a internet: dicas para acessar na terceira idade

Segundo dados do IBGE, o uso da internet por pessoas com mais de 50 anos aumentou consideravelmente, entre 2005 e 2011. Um aumento de mais de 200% no acesso à …

14 de abril de 2016

Bons tempos…

Todo “bom idoso” gosta de rememorar os bons tempos de sua juventude e, por muitas pessoas, isso é visto como uma coisa “chata”, mas vamos refletir… Quem não gosta de …