27 de novembro de 2014

Relações sociais, eram sociais.

O homem sentiu a necessidade de comunicar-se desde que começou a viver em sociedade, fosse para alertar sobre alguma coisa ou expressar sua cultura ou sentimento
E a medida que evoluiu, aumentou cada vez mais a necessidade de procurar meios mais rápidos e eficientes de se comunicar.

Uma passagem pela história

Na pré história a necessidade de se comunicar pôde ser representada pelas pinturas rupestres – desenhos em cavernas ou pedras. Quando o homem começou a dominar a natureza e a viver em grupos maiores, sentiu a necessidade de desenvolver a linguagem. Mais tarde por volta de 4.000 A.C é registrada a aparição da escrita na Mesopotâmia e Egito.

Então passamos por grandes invenções como o jornal 59 A.C, em Roma e em 1900 houve a primeira transmissão de um programa de rádio, que foi um marco na história. O passo seguinte foi o surgimento da televisão em 1924. Na era da tecnologia surge o computador em 1943,uma máquina gigante, passando por transformações,surgindo o primeiro microcomputador em 1971. A internet, que nem sempre fora da maneira que conhecemos, foi desenvolvida em 1969, para fins militares, na época da Guerra Fria, servindo como um sistema de comunicação entre as bases militares dos EUA. A popularização da rede se deu em 1990, tornando-se no que conhecemos.

Relação Social Digital

O que veio para facilitar a vida em termos de agilidade de comunicação, pode também nos trazer desvantagens.

É comum vermos famílias reunidas em um restaurante por exemplo, sem trocar uma palavra ou um olhar, durante toda a refeição. Cada um está muito ocupado mandando fotos ou mensagens nas redes sociais para seus “amigos” virtuais.
Já ouvi de uma senhora, que saiu com a família para um almoço de domingo, e passou o tempo todo sem conversar com seus familiares por conta dos seus celulares.

Existem porém , movimentos sinalizando para este perigo . Esta semana uma comentarista de uma rádio local, contou que tirou 15 dias de férias e excluiu do seu Iphone todos os aplicativos de redes sociais, para “curtir” a viagem de férias com seu marido.
Esta mesma jornalista, que esteve na Itália, citou um movimento neste país a favor de usar menos o celular em momentos de lazer, tanto que observou que no restaurante em que estava, havia duas mesas com executivos e não havia nenhum celular em cima das mesas.

Relações sociais sinceras

Há espaço para tudo. Não há dúvidas que o avanço da tecnologia nos ajuda e muito, mas não nos esqueçamos de deixar nossos Iphones de lado e olhar a paisagem enquanto viajamos, olhar nos olhos da pessoa com quem conversamos, participar das brincadeiras de nosso filhos, enfim, dar uma real atenção a quem tanto amamos.

Veja outros posts

5 de outubro de 2016

A minha história com idosos

Eu não conheci os meus avôs. Minhas avós morreram enquanto eu ainda era nova, então não tive a oportunidade de conviver com um idoso no meu “dia a dia”. Mas …

11 de maio de 2017

Mãe

Qual a melhor parte de ser mãe? Inúmeras seriam as respostas e todas carregadas de emoção, alegrias e muito amor. E também de lembranças de renúncias, dúvidas, sacrifícios, mágoas, sentimentos …

5 de novembro de 2018

Arteterapia para idosos

A qualidade de vida na terceira idade é um dos temas mais discutidos atualmente. Entre tantas atividades indicadas para a promoção da qualidade de vida para idosos, a Arte tem …