14 de janeiro de 2016

Resistência do Idoso

Escutamos muita gente por aí dizendo que seu avô é muito cabeça-dura e teimoso, que sua avó só vai sempre nos mesmos lugares e que não gosta muito de mudar sua rotina…
Acontece que todos nós vamos criando um padrão em nossas vidas, percebendo o que nos faz bem e o que não nos faz…
Aquilo que já é conhecido normalmente é mais confortável e seguro, fazendo-nos sentir mais confiantes e relaxados.

Para ajudar as pessoas que querem convencer seus pais ou avós e fazer uma nova atividade, escolhemos as 5 principais desculpas que os idosos usam quando não querem partir para essa nova rotina e deixamos aqui algumas dicas:

1) É longe
Uma das principais limitações que o idoso enfrenta no seu processo de envelhecimento é a dificuldade de se locomover.
As calçadas passam a não ser adequadas e seguras, junto à falta de equilíbrio e de segurança que o próprio corpo impõe. Além disso, normalmente eles param de dirigir, decorrente de outras alterações físicas, como na visão e audição.
Encontrar um local muito próximo a casa dele, um taxista de confiança, levar seu idoso a um lugar que seja “caminho” da escola do seu filho, ou encontrar um local que disponibilize serviço de transporte, como a Vivere Bene, são algumas soluções para este problema!

2) Incômodo
A pessoa idosa não gosta de dar trabalho para os outros. Ela se sente dependente e às vezes até, inútil. Depender de um filho, por exemplo, para levá-lo a uma aula de pintura, pode muito bem ser um dos principais motivos para ela deixar de querer fazer, por mais que ela venha a se interessar. Com isso elas tendem a se isolar, o que pode gerar problemas ainda mais graves, como a depressão.
Portanto, é importante encontrar uma forma de facilitar a vida de seu pai ou avô, caso ele deseje realizar alguma atividade que lhe interesse!

3) Desânimo
Muitos idosos passam a se isolar socialmente, vindo a apresentar sintomas de depressão. Isso pode acontecer por diversos motivos, desde a mudança de cidade até a perda de um ente querido. Sendo assim, quanto menos ele se conectar e interagir com pessoas, maior a chance desse quadro piorar.
A resistência inicial será muito grande, mas a partir do momento em que ele encontrar um local agradável com pessoas e atividades que lhes proporcione bem estar, a tendência é que não queira mais parar!

4) É muito caro
O idoso tende a comparar preços com o que se cobrava “antigamente”. Sendo assim, passa a não compreender o valor agregado de alguns serviços específicos para sua faixa etária e os benefícios resultantes deste trabalho.
É preciso então mostrar para ele o porquê deste valor cobrado e o que está embutido neste “caro” investimento. Além do mais, estamos tratando do seu principal bem: sua saúde!

5) Fazer exercício dói
Muitas pessoas – e não só idosas – já passaram por experiências negativas quando se trata de atividade física, por exemplo. Falta de atenção, excesso de alunos por professor, despreparo do profissional para trabalhar com determinado público e um consequente tratamento “generalizado” são queixas comuns entre pessoas com mais de 60 anos. A consequência disso é a insatisfação, desmotivação e principalmente, a ocorrência de lesões, que pode causar um trauma ainda maior e mais grave.
Por isso a importância de procurar um Espaço especializado para suas limitações e necessidades!

Se quiser mais dicas, entre em contato conosco através do nosso email contato@viverebene.com.br e boa sorte!

Veja outros posts

19 de setembro de 2017

Movimento LAB60+

Você conhece o LAB60+? Se você desenvolve uma iniciativa inovadora com impacto positivo para a revolução da longevidade, participe deste Movimento! Amplie sua rede de parceiros, obtenha visibilidade para seu …

30 de setembro de 2014

Sábado em Família: reserve um tempo especial para quem você ama

Durante um tempo de reflexão entre todas as histórias que ouvimos dentro do espaço Vivere Bene, percebemos algo recorrente entre os filhos dos nossos clientes: a falta de tempo. Todos …

9 de junho de 2016

Pilates para idosos

Depois de responder a diversas, e muitas vezes comuns, dúvidas de alunos e filhos de alunos, sobre pra quem e para quê o Pilates é indicado, e também sobre as …