18 de dezembro de 2014

A chave da virada

Estabelecendo paradigmas
Há quem diga que para tudo na vida, existe um começo, meio e fim.
É certo que durante nosso existir nos deparamos com algumas etapas inevitáveis.
Nascemos, aprendemos a andar, nos comunicar, vamos à escola, escolhemos uma profissão, um companheiro, um lugar para morar, uma crença, uma forma de lazer, um núcleo familiar…..
Com tudo isto estabelecido e vivido, iremos até o fim?
Repetiremos infinitamente ações refletidas por nossas escolhas?

Hora de virar a chave
Chega o momento que já tendo executado o repertório escolhido ao longo da vida e já maduros o suficiente, temos a chance, o dever e a oportunidade de virar a chave e quebrarmos alguns paradigmas estabelecidos por nós mesmos, ou pelo meio em que vivemos.
A verdade é que estamos prontos e livres de obrigações e compromissos para abrir novas portas!
É chegada a hora de realizar novos sonhos, mesmo aqueles esquecidos ou adiados: aprender a cantar ou tocar um instrumento musical , fazer a viagem dos sonhos, dormir a manhã inteira, andar de bicicleta, pular de paraquedas, tomar um banho de chuva…
Sonhos que podem parecer simples para alguns, mas que representam muito para quem os deixou guardados num baú no fundo da mente e do coração.

O importante é estar ativo
Agora, viver o que nos faz feliz é o que importa.
Assim o fim estará sempre distante, e a vida vai nos apresentando novas oportunidades que as infinitas capacidades do nosso ser podem explorar.

Estar ativo é um passo para a felicidade!

“Por muito tempo fui tudo que pude; agora sou tudo que quero. “

Veja outros posts

25 de novembro de 2016

Cuidador de idosos: desafios enfrentados pelos profissionais de hoje

A fundadora do Quem Cuida, Karina Foroutan, fala sobre as dificuldades e motivações da profissão de cuidador de idosos A opção pela carreira de cuidador muitas vezes é feita a …

9 de outubro de 2014

Idosos e a visão das Cataratas

Na minha idade quando o assunto é Catarata, nem de longe penso nas belezas naturais de Foz do Iguaçu. Estive há algumas semanas atrás na cidade e conheci as Cataratas. …

11 de novembro de 2014

Audição na terceira idade

O declínio da qualidade da audição na velhice é uma queixa muito comum e constante entre os idosos. O que muitos não sabem é que a perda da audição pode …