1 de novembro de 2016

Doenças cardíacas

O coração é um órgão vital do nosso organismo. Portanto, devemos nos preocupar com ele tomando os cuidados e dando a atenção que ele merece e precisa!
Para isso, pedimos para a cardiologista Dra. Liliam Gavazzoni Blume responder, de forma objetiva e clara, algumas questões que são bastante comuns entre nossos alunos:

1) Quais são os tipos de doenças cardíacas?
As que incluem vasos doentes, problemas estruturais e coágulos sanguíneos. Os tipos mais comuns de doenças são: Doença Arterial Coronariana, Hipertensão Arterial, Insuficiência Cardíaca e Arritmia Cardíaca.

2) Quais os principais sintomas?
No estagio inicial a doença cardíaca não apresenta sintomas. Já em estágios avançados os principais sintomas são: dor torácica, palpitações, falta de ar e desmaios.

3) Por que o idoso tem uma maior tendência a desenvolver doenças cardíacas?
Hipertensão arterial, tabagismo, sedentarismo, obesidade e estresse situações são comuns nos idosos, e então podem contribuir para a formação de placas assim como para a redução da capacidade das artérias se dilatarem ou contraírem, quando necessário.

4) O que é o infarto?
Infarto do miocárdio é a conseqüência de obstrução de uma artéria coronária, por um coágulo de sangue sobre a placa de gordura que estava em sua parede, impossibilitando assim que o sangue chegue até aquela área do músculo cardíaco, levando a morte celular.

5) O que é um AVC?
Acidente vascular cerebral ou derrame cerebral ocorre quando há um entupimento ou rompimento dos vasos que liberam sangue ao cérebro, provocando paralisia de área cerebral que ficou sem a circulação sanguínea adequada.

6) Além do uso de medicamentos, o que mais posso fazer para me prevenir ou remediar?
Muitos fatores contribuem para aparecimento das doenças. Fatores que podem ser diagnosticados e tratados: hipertensão arterial, diabete melittus, ingestão de bebidas alcoólicas em excesso, tabagismo, sedentarismo e obesidade. Adequação dos hábitos de vida diária é primordial para a precaução.

7) Qual o tipo de atividade física é mais adequado para pessoas com problemas cardíacos?
Exercícios aeróbicos, Pilates, alongamento, esportes leves, danças, exercícios de força ou atividades recreativa. Não importando a modalidade, pois todos trazem benefícios a saúde.

8) Com que freqüência eu devo procurar um cardiologista?
No mínimo, uma vez ao ano.

Agora que você está mais informado, fica a dica: procure um cardiologista, cuide da sua alimentação e exercite-se com algo que lhe dê prazer!

Dra. Liliam Gavazzoni Blume é formada na Faculdade Evangélica do Paraná e atua como médica cardiologista no CEPEC – Centro Paranaense de Ecocardiografia em Curitiba – PR.

Veja outros posts

5 de novembro de 2018

Arteterapia para idosos

A qualidade de vida na terceira idade é um dos temas mais discutidos atualmente. Entre tantas atividades indicadas para a promoção da qualidade de vida para idosos, a Arte tem …

18 de novembro de 2016

Conflito de Gerações

Nosso comportamento, como ser humano, está em constante mudança. E a sensação que temos é de que o mundo gira cada vez mais rápido, trazendo novas informações e descobertas todos …

19 de julho de 2016

Dicas de viagem para idosos

Sabemos que, para o idoso, viajar pode parecer sinônimo de transtorno e preocupações e, como julho é um mês em que muitas pessoas costumam sair de viagem, preparamos algumas dicas …